O Voleibol Brasileiro no Mundo

Competições, Notícias e Regras Oficiais.

Orientações importantes na Prática Desportiva

 

 

Nalbert em Treinamento Fisico

Nalbert na Seleção Brasileira em Treinamento Físico

Obviamente todos aqueles que realizam o famoso e indispensável bate-bola aos finais de semana, já tiveram algum tipo de desconforto, dores, mal estar ou algum tipo de lesão devido muitas vezes á falta de orientação.

Muitos já tiveram esta orientação, vinda de um Profissional de Educação Física, seja na infância ou na adolescência, ou mesmo que somente na escola, para conduzir sua atividade física seja por recreação ou treinamentos. E é de suma importância, que este momento de lazer e descontração não se torne um risco para a integridade daqueles que praticam o Voleibol, dentro dos parâmetros na nossa realidade.

O treinamento de atletas de voleibol varia obviamente dos objetivos á serem alcançados, objetivos estes que são definidos previamente nas planilhas de treinamento das Equipes, que tem um Calendário definido, porém a nossa realidade difere bastante, vem daí então, o interesse em orientar os praticantes para alguns detalhes muito importantes.

Entre ele iremos destacar as seguintes preparações:

·        Física

·        Técnica

·        Tática

·        Psicológica e repouso

 

PREPARAÇÃO FÍSICA

Dentro deste tipo de preparação são desenvolvidas principalmente as atividades aeróbicas para melhora do condicionamento físico como a corrida. Este tipo de atividade necessita de suprimento energético constante sendo que começam com uma fase anaeróbia e passam por uma fase mista chegando até a fase totalmente aeróbia.

PREPARAÇÃO TÉCNICA

Este tipo de preparação é fundamentado nos movimentos do voleibol, incluindo: cortada, saque, manchete, bloqueio. Esse treinamento consiste em repetir os movimentos em busca de uma maior precisão. É uma atividade caracterizada como intermitente, assim como a própria partida de vôlei com piques de força e velocidade.

PREPARAÇÃO TÁTICA

Na preparação tática o posicionamento dos jogadores é enfatizado. São treinados os posicionamentos de ataque e defesa.

PREPARAÇÃO PSICOLÓGICA E REPOUSO

Como todo esporte, a dedicação é muito intensa com treinos exaustivos. Tanto a forma física quanto a psicológica é bastante importante. O repouso consiste no relaxamento muscular sendo de suma importância o alongamento prévio e após a atividade. Hidroginástica e massagens.

 

Serginho alongando

Serginho alongando

 

ALIMENTAÇÃO NO VOLEI


CARBOIDRATOS

Antes do treino

A ingestão de carboidratos deve ser feita cerca de 1 hora antes do treino/ competição na forma de carboidratos complexos como: pão, macarrão, batata, torrada e etc.

Durante

Os carboidratos também devem ser ingeridos, para que, na segunda parte do tempo, ocorram reservas suficientes para que o atleta não diminua o rendimento. Essa ingestão normalmente depende do tempo de descanso e ocorre com a ingestão de bebidas a base de carboidratos.

Depois

Logo após a atividade física, as reservas de glicogênio muscular são reduzidas necessitando de reposição dos nutrientes utilizados durante o exercício.

PROTEÍNAS

Os alimentos ricos em proteínas devem ser evitados ou consumidos com moderação próximos antes dos treinos por serem digeridas mais lentamente o que pode ocasionar em desconforto gastrintestinal aos atletas. As proteínas devem ser consumidas ao longo do dia durante as refeições para suprir as necessidades individuais.

LIPÍDEOS

Os lipídeos são importantes para os treinos de longa duração, para atingir o total de energia necessária durante o dia e para poupar o glicogênio muscular. Como as proteínas os lipídeos também possuem absorção e digestão lenta não sendo indicado o seu consumo antes das atividades. Os lipídios são a segunda fonte principal de energia durante o exercício. Apresentam função energética e são utilizados na síntese de hormônios, na formação de membranas celulares e de vitaminas lipossolúveis. Os praticantes de atividades físicas devem ser evitados molhos cremosos à base de manteiga e maionese, gordura hidrogenada, bolos, biscoitos, batatas fritas e frituras. Utilizar preferencialmente carnes grelhadas, cozidas e produtos lácteos com baixo teor de gordura.

HIDRATAÇÃO

Antes

Deve-se assegurar a hidratação adequada antes do início do jogo ou do treino, significando a ingestão constante de líquidos durante o dia

Durante

Durante o exercício prolongado, os atletas devem repor a água perdida em intervalos regulares e quantidades suficientes para manter o seu peso pré- exercício. A sede não é um indicador seguro da necessidade de líquido. Uma perda de 1,5 a 2 litros de líquido é necessária antes que o mecanismo da sede seja ativado. Este nível de perda de água já tem um sério impacto sobre o controle da temperatura corporal. A reposição contínua é necessária, durante os exercícios a reposição deve ser feita com líquidos ricos em água, eletrólitos e carboidratos.

Depois

Após o exercício a reposição hídrica deve ser de 1,5l de repositores hidroeletrolíticos (Aquarius, Gatorade, e outros) para cada 1 Kg perdido.

 

Anúncios

1 de dezembro de 2008 - Posted by | Orientações Gerais

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: