O Voleibol Brasileiro no Mundo

Competições, Notícias e Regras Oficiais.

Ana Moser é a quarta brasileira no Hall da Fama do vôlei

Depois de Bernard Rajzman, Jackie Silva e Carlos Arthur Nuzman, a ex-jogadora Ana Moser, um dos grandes nomes do voleibol brasileiro de todos os tempos, terá um lugar no Hall da Fama do vôlei, na cidade americana de Holyoke, o local onde nasceu o esporte.

Ana anunciou sua aposentadoria aos 31 anos, em 1999, devido às seguidas lesões no joelho, que a obrigaram a passar por algumas cirurgias.

Ela disputou sua primeira Olimpíada em Seul-1988, quando a Seleção Brasileira ficou na sexta posição. Em 1990, foi eleita a melhor atacante do Mundial, na China.

No ano seguinte, Ana ajudou o Brasil a quebrar um tabu de 13 anos sem vencer o Peru, na conquista do Sul-Americano.

Em 1992, Ana e sua geração ao lado de Fernanda Venturini, Márcia Fu, Ana Flavia e Cia. ficaram em quarto lugar na Olimpíada de Barcelona. Dois anos depois, ela liderou a equipe nacional na conquista do então inédito pódio do Campeonato Mundial, garantindo a prata no Brasil.

Em 1996, se recuperou de uma lesão no joelho e ajudou o grupo do técnico Bernardinho a conquistar a inédita medalha de bronze nos Jogos de Atlanta.

Anúncios

31 de maio de 2009 - Posted by | Notícias

3 Comentários »

  1. eu como um adorador do volei mundial, tenho a assumir q a ANA MOSER fui uma espetacular jogadora com sua força tanto na quadra qanto no braço:uma das melhores sacadores qe eu ja vi ela merece isso e muito mais por tudo oq ela fez p/ o volei brasileiro e u diria o volei mundial.
    parabens ANA MOSER!

    Comentário por geronimo | 7 de julho de 2009

  2. Ana Moser foi a melhor jogadora de voley do Brasil de todos os tempos. Eu acompanhei toda a trajetória de sua geração e não tenho dúvidas de que foi a melhor que o Brasil já teve. É claro que a geração de ouro olímpica tem seus méritos, mas a geração de Ana tinha a espetacular seleção cubana pela frente e era a única seleção no mundo que as vencia, e sem dúvida, Ana Moser era uma das responsáveis de colocar o Brasil como uma pedra no sapato das cubanas. Como padre eu abençoo a Ana Moser, que tenho como um “grande ídolo” para mim. (irônico um padre dizer isso, não?)

    Comentário por Pe. Mauro Maia | 16 de outubro de 2009

  3. Parabéns Ana, você é e sempre será um exemplo de atleta para as novas gerações. Não importa os títulos e sim o comportamento, a técnica apurada, a raça e principalmente a simplicidade, dentro e fora das quadras. É um reconhecimento mundial, mas, nós brasileiros já a colocamos no Hall do Volei e em nossos corações. Um beijo no seu coração, siga com Deus.

    Comentário por Joaquim Bezerra | 22 de abril de 2010


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: