O Voleibol Brasileiro no Mundo

Competições, Notícias e Regras Oficiais.

Brasil vence EUA no Mundial juvenil

Cada vez mais entrosada, a Seleção Juvenil perde um set para americanos, mas conquista mais uma vitória rumo ao título

Cada vez mais entrosada, a Seleção Juvenil perde um set para americanos, mas conquista mais uma vitória rumo ao título

A seleção brasileira juvenil masculina de vôlei segue com 100% de aproveitamento no Campeonato Mundial da categoria. Nesta terça-feira (04.08), a equipe comandada pelo técnico Percy Oncken superou os Estados Unidos por 3 sets a 1 (25/21, 25/23, 22/25 e 25/17), em 1h31, e assegurou a quarta vitória na competição. A partida, válida pela primeira rodada da segunda fase, foi realizada no ginásio principal do Balewadi Sports Complex, em Pune.

Depois de ficar no banco de reservas no último jogo, o meio-de-rede Isac voltou à equipe titular em grande estilo e foi o segundo maior pontuador do confronto contra os norte-americanos, com 15 acertos, um a menos que o ponteiro Maurício.

– Eu ainda não havia atuado bem no campeonato e isso estava me incomodando. Nesta partida, consegui provar para mim mesmo que sou capaz de jogar bem. Sem dúvida, isso dá uma confiança maior para o restante da competição – comemorou Isac, de apenas 18 anos, caçula da seleção brasileira.

O técnico Percy Oncken também ficou satisfeito com o desempenho do jogador.

– O Isac foi muito bem hoje. Temos três bons centrais que podem ser utilizados em qualquer momento da partida – disse o treinador, referindo-se também aos meios-de-rede Renan e Aurélio.

Apesar das vitórias nos quatro primeiros jogos, Percy Oncken cobrou um melhor rendimento da equipe.

– O time ainda não jogou tudo o que pode. Cometemos muitos erros. Ainda temos que melhorar para atingirmos um nível mais alto. Todas as partidas estão sendo duras e não podemos facilitar o jogo do adversário – explicou Percy.

Passado o confronto contra os Estados Unidos, o próximo desafio do Brasil na segunda fase será nesta quarta-feira (05.08), a partir das 7h30 (horário de Brasília). O adversário será o Irã, velho conhecido do time brasileiro.

– Jogamos alguns amistosos contra o Irã e as duas equipes se conhecem bem. Sabemos que não será fácil. Temos que consertar os erros e entrar com tudo para buscar a vitória – afirmou o meio-de-rede Isac.

No começo do mês de julho, Brasil e Irã disputaram dois amistosos em Caxias do Sul (RS), com duas vitórias para a equipe verde-amarela. Antes disso, as seleções ficaram oito dias juntas no Centro de Desenvolvimento do Voleibol (CDV-S), em Saquarema (RJ), onde disputaram outros seis jogos-treino – cinco triunfos brasileiros contra um iraniano.

Nesta terça-feira, logo após a vitória do Brasil, a equipe do Irã foi derrotada pela seleção cubana por 3 sets a 0.

O jogo (Brasil x Estados Unidos)

Eficiente no bloqueio e no ataque, o Brasil não demorou a construir a vantagem no início do primeiro set (8/3). Apresentando falhas na recepção e na defesa, os norte-americanos viram os brasileiros se distanciarem no placar: 16/12. Os Estados Unidos ainda chegaram a ensaiar uma reação (17/16), mas não foi suficiente. Depois do erro de saque adversário, a seleção brasileira fechou a parcial em 25/21.

Os Estados Unidos voltaram melhor para o segundo set. A eficiência do ataque norte-americano compensava os erros de saque e a equipe conseguiu ficar à frente no placar: 12/9. Sem repetir o desempenho do primeiro set, o time brasileiro não conseguia superar o bloqueio adversário (22/18). No entanto, numa reação espetacular, a equipe brasileira marcou seis pontos consecutivos – três de ataque, dois de bloqueio e um em erro do saque norte-americano – e virou a partida: 24/22. Depois da recuperação, o Brasil definiu a parcial em 25/23, em ataque do central Isac.

O terceiro set começou equilibrado, mas os norte-americanos logo ficaram em vantagem: 8/5. Apesar de diminuírem a diferença, os brasileiros permaneceram atrás no marcador (15/16). Melhor no bloqueio, desta vez, os Estados Unidos não permitiram a reação brasileira e fecharam a parcial em 25/22.

O Brasil voltou para o quarto set disposto a definir a partida e abriu 10/6. Eficiente no ataque, a equipe verde-amarela aumentou a diferença para 20/14. A vitória brasileira veio com mais um erro de saque dos Estados Unidos: 25/17.

As equipes:

BRASIL – Murilo, Franco, Maurício, Tiago Wesz, Isac e Renan. Líbero – Thales. Entrou: Najari. Técnico – Percy Oncken
ESTADOS UNIDOS – Troy, Amberg, Bourne, Lavaja, Vogel e Kauliakamoa. Líbero – Shoji. Entraram: Sunder, Lawson e Jaynes. Técnico – Shawn Patchell

Anúncios

5 de agosto de 2009 - Posted by | Notícias, Temporada 2009

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: