O Voleibol Brasileiro no Mundo

Competições, Notícias e Regras Oficiais.

Nova geração copia projeto bem-sucedido

Pela primeira vez as promessas da nova geração do vôlei de praia terão acesso à mesma infraestrutura das quadras. Durante um mês, a seleção brasileira sub-21 fará uma concentração no Centro de Treinamento de Saquarema, já bastante conhecido pelas estrelas nacionais da modalidade, para o Campeonato Mundial da categoria, que será realizado de 16 a 20 de setembro, na Inglaterra. A inédita iniciativa tem como objetivo deixar o vôlei de praia brasileiro tão profissional quanto o de quadra, no futuro.

– Esse confinamento é bom porque inclui disciplina. Eles têm que sentir o profissionalismo. É isso que queremos colocar na cabeça deles. Lá fora, as categorias de base já estão bem profissionais. A gente estava precisando começar a se organizar mais cedo. Espero que, em breve, até a sub-19 tenha essa oportunidade – disse a técnica da equipe feminina, Rejane Cannes.

Jovens atletas vão se concentrar durante um mês no Centro de Treinamento de Saquarema para o Mundial Sub-21, na Inglaterra

Jovens atletas vão se concentrar durante um mês no Centro de Treinamento de Saquarema para o Mundial Sub-21, na Inglaterra

O grupo formado por sete meninas e sete meninos de vários estados do Brasil viajou nesta quarta-feira para Saquarema. Lá, eles terão acesso pela primeira vez a toda estrutura utilizada pelas seleções de quadra do Brasil.

– Isso vai ser muito importante para gente. Na praia, não estamos acostumados com essa disciplina toda. Precisamos aprender a trabalhar em equipe, a escutar mais os nossos técnicos. Na praia, os atletas é que mandam nos técnicos – comentou Fabiane Aires, um dos destaques da equipe que já até disputa competições na categoria adulta, ao lado de Shaylyn.

Dos 14 atletas que foram para Saquarema, apenas oito (quatro duplas) vão para a Inglaterra. Mais novo do grupo com apenas 17 anos, Marcos Vinicius Carvalhaes sabe que não será fácil garantir vaga no Mundial 2009. O jovem jogador, entretanto, acredita que será uma experiência determinante para o seu futuro.

– Eu nunca tinha sido convocado. Estou muito ansioso. Sei que sou o mais novo, preciso amadurecer, mas tenho que aproveitar o máximo possível essa oportunidade.

Desde 2001, quando foi realizada a primeira edição da competição, o Brasil já faturou nove ouros, uma prata e três bronzes.

Anúncios

12 de agosto de 2009 - Posted by | Notícias, Temporada 2009

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: