O Voleibol Brasileiro no Mundo

Competições, Notícias e Regras Oficiais.

Tetracampeões chegam ao Brasil com o ouro do Mundial

Muita festa na recepçãoà Seleção Brasileira masculina juvenil, que se sagrou tetracampeã do Mundial da categoria, no fim de semana, na Índia

Muita festa na recepçãoà Seleção Brasileira masculina juvenil, que se sagrou tetracampeã do Mundial da categoria, no fim de semana, na Índia

A seleção brasileira juvenil masculina de vôlei desembarcou no Brasil nesta terça-feira (12.08) com o brilho dourado nos olhos e no peito. No último domingo (09.08), na cidade de Pune, na Índia, a equipe verde-amarela conquistou o tetracampeonato mundial da categoria ao derrotar a seleção de Cuba por 3 sets a 2. A trajetória da equipe brasileira foi de superação. A atual geração foi formada em 2006, quando foi campeã sul-americana infanto-juvenil. Em seguida, o time amargou um sétimo lugar no Mundial da categoria. No ano passado, no Sul-Americano juvenil, a equipe foi derrotada pela Argentina. – Essa geração é que defenderá o Brasil nos Jogos Olímpicos de 2020 porque a que jogará em 2016 foi campeã mundial juvenil em 2007. É um grupo jovem, disciplinado e que trabalhou o tempo inteiro dentro do espírito vencedor do voleibol brasileiro – parabenizou Ary Graça, presidente da Confederação Brasileira de Voleibol. O time comandado pelo técnico Percy

O ponteiro Maurício foi eleito o melhor jogador da competição

O ponteiro Maurício foi eleito o melhor jogador da competição

Oncken conquistou o título de forma invicta: oito vitórias. Tanto a semifinal, contra a Índia, quanto a decisão, contra Cuba, foram decididas no tie-break. – Os meninos se superaram. Esta equipe cresceu durante a competição e teve o perfil de um time vencedor – resumiu o treinador. Percy Oncken entrou no comando do time no início de 2009, depois que Marcos Lerbach teve que sair do comando para assumir o cargo de supervisor da seleção brasileira masculina adulta. E, no pouco tempo que teve, Percy agradeceu a forma com que foi recebido pelo grupo. – Os meninos tiveram a coragem de assumir esse desafio junto com todos nós. Agradeço a comissão técnica anterior que montou a base desta seleção. Este ano foi espetacular – disse o treinador.

o meio-de-rede Renan, o melhor bloqueador

O meio-de-rede Renan, o melhor bloqueador

Além do troféu e das medalhas, os jogadores brasileiros trouxeram dois títulos individuais. O ponteiro Maurício foi eleito o melhor jogador da competição, enquanto o meio-de-rede Renan, o melhor bloqueador.

– As duas comissões técnicas que trabalharam com este grupo foram muito boas. Ambas tiveram confiança no nosso potencial. Mais importante do que ter sido eleito o melhor jogador mundial foi ter conquistado esse título. Sabíamos que podíamos conquistá-lo – disse o alagoano Maurício, para em seguida lembrar do seu próximo desafio:
– A próxima Superliga será uma das melhores de todos os tempos. E jogar ao lado de campeões olímpicos e mundiais não será fácil. Teremos que jogar muito bem porque no meio de tantas feras será difícil se destacar. Para estarmos entre os melhores nossa técnica terá de estar afiada e para isso precisamos continuar trabalhando forte – completou o jogador.

Anúncios

12 de agosto de 2009 - Posted by | Notícias, Temporada 2009

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: