O Voleibol Brasileiro no Mundo

Competições, Notícias e Regras Oficiais.

Arbitragem paranaense progride em 2009

Frederico Ferrão e Jandrey Vicentin foram aprovados como Árbitros Aspirante a Nacional

Frederico Ferrão e Jandrey Vicentin foram aprovados como Árbitros Aspirante a Nacional

No último mês de dezembro de 2009 foram realizados em Goiânia dois Cursos de Avaliação de Arbitragem pela CBV e os resultados foram positivos para os árbitros paranaenses. Dois já estão comemorando a promoção para Aspirante a Nacional. Frederico Peixoto Ferrão e Jandrey Vicentin foram homologados como Árbitros Aspirante a Nacional pela CBV no dia 04 de janeiro. Os dois deixam de ser árbitros regionais e galgam mais um degrau na carreira da arbitragem.

Quem mais comemorou mesmo foram três árbitros que estavam na categoria Aspirante a Nacional há mais de três anos, e por isso habilitados para a avaliação para Árbitro Nacional. Ismael Pereira dos Santos, Giseli Amantino e Paulo Konorr de Quadros Junior foram aprovados no curso de Goiânia e aguardam somente a publicação do resultado em Nota Oficial para a ascensão de categoria.

Em 2009, 29 novos árbitros foram inscritos na CBV, um recorde na história da FPV. Mas tem explicação, há pelo menos três anos o quadro de árbitros não sofria alteração. Em 2010, o Presidente Neuri Barbieri garante pelo menos mais 10 inscrições de árbitros que estejam atuando no Estado do Paraná, que tenha qualidade técnica, pelo menos dois anos de atuação e perspectivas de crescimento na arbitragem.

Segundo Neuri, o ano de 2009 foi especial para a arbitragem do Paraná, principalmente no segundo semestre: “Depois de muito tempo, o Paraná voltou a ter um árbitro internacional. Paulo Turci recebeu o escudo da FIVB. Fizemos três árbitros nacionais em um ano. De 1994 até 2009, tínhamos feito a mesma coisa. 15 anos e três nacionais. Ainda tivemos mais dois aprovados para aspirante a nacional e 29 inscritos na CBV como árbitros regionais. Foi um bom ano que precisa continuar. Termos bons árbitros já nos garante condições de sediarmos boas competições”

Anúncios

6 de fevereiro de 2010 - Posted by | Notícias

2 Comentários »

  1. Ola gostariae recer por e-mail noticias de testes e campeonatos amadores de totas as modalidades….obrigado

    Comentário por erick | 6 de novembro de 2010

  2. Murilo Endres revela como é o cardápio de um campeão para Revista Vida Natural
    Ponta da seleção brasileira de vôlei e eleito o melhor jogador do Campeonato Mundial de Voleibol, na Itália, Murilo mostra que uma alimentação balanceada e saudável, além da preparação física e emocional, são requisitos fundamentais para um campeão

    Solícito e simpático, o gaúcho de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, revelou em entrevista à Vida Natural que faz quase cinco refeições por dia e segue uma dieta com carboidratos e proteínas quando está concentrado para os jogos. Mas, como ninguém é de ferro, o jogador, de 29 anos e 1,93 metro de altura, não dispensa um bom churrasco gaúcho aos finais de semana. “Nos inter­valos do treino, consumimos muitas frutas. Mas basicamente, nossa alimentação é formada por carboidratos, como arroz, feijão e macarrão; e proteínas, como saladas e verduras. Em quadra, nós precisamos ter muita disposição e energia”, conta o jogador.

    Adepto das frutas, o atleta garante que o “petisco” não pode faltar na sua geladeira. “Eu gosto muito de banana, ameixa e goiaba. Às vezes, estou saindo para o treino e pego uma fruta. Volto do treino e pego outra”, confessa. Peito de peru e queijo, também são ingredientes essenciais no dia do jogador. “Meu café da manhã é sem­pre esse: pão, peito de peru e queijo. Isso nunca vai faltar”, completa.

    Sobre a emoção de ser consagrado o melhor de 2010, ele é enfático: “Isso é mais do que um sonho. É o resultado de uma vida inteira e uma carreira toda em que eu me dediquei. Com tanta gente que ad­miro no time, eu ser eleito o melhor é difícil de descrever e até de acordar desse sonho”, revela o jogador que nas horas vagas prefere descansar em casa com a esposa.

    Sobre os planos para o futuro, Murilo garante que pretende continuar no Sesi/SP, clube que já treina a mais de três anos. “Apesar de a equipe ser nova, estamos apostando em conseguir o título da Su­perliga Brasileira de Voleibol. Esse é o nosso objetivo. Eu quero continuar no Sesi até decidir parar de jogar vôlei. Não tenho motivos para voltar ao exterior”, declara.

    Fotos

    Thiago Pavoni/ Vida Natural

    Mais informações e imagens para a imprensa:

    Editora Escala/ Revista Vida Natural
    Assessoria de Imprensa
    Tel.: (11) 3855-2126

    Comentário por Roberta | 22 de novembro de 2010


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: