O Voleibol Brasileiro no Mundo

Competições, Notícias e Regras Oficiais.

SUPERLIGA 09/10: CBV divulga tabela da 16ª edição do campeonato

A Unidade Técnica de Vôlei de Quadra da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) divulgou, nesta QUARTA-FEIRA (25.11), a tabela oficial da Superliga 09/10. A 16ª edição da competição contará com a participação de 17 equipes masculinas e 13 femininas, um recorde na história. A competição começará no próximo dia 3 (quinta-feira), com a realização da primeira rodada da Superliga masculina, com oito jogos. O primeiro confronto será às 18h30 e marcará o encontro da atual campeã, a Cimed (SC), com o Sada/Cruzeiro (MG), terceiro colocado na última temporada. O jogo será disputado no ginásio Capoeirão, em Florianópolis, e terá transmissão ao vivo do canal Sportv. Três jogos serão disputados às 19h. Em Montes Claros (MG), o Montes Claros/Fudabem (MG) terá pela frente o Sesi/SP, no ginásio Tancredo Neves. O Brasil Vôlei Clube (SP) jogará contra o Pinheiros/Sky, no ginásio Adib Moyses Dib, em São Bernardo do Campo (SP), enquanto o Volta Redonda (RJ) medirá forças com o Santo André, no ginásio Poliesportivo, em Volta Redonda (RJ). Às 19h30, o Álvares/Vitória (ES) receberá a Ulbra/São Caetano (SP), no ginásio do Álvares Cabral, em Vitória. Dois jogos serão disputados às 20h: em Brasília, no ginásio do Cruzeiro, a Upis/Brasília (DF) duelará com o Vôlei Futuro (SP); em Blumenau, no ginásio Sebastião Cruz, o Soya/Blumenau/Furb/Barão enfrentará o Vivo/Minas (MG). No encerramento da rodada, o Funvic/Uptime/Cuiabá (MT) fará seu primeiro jogo na história da Superliga contra o Lupo/Náutico/Let´s (SP), a partir das 20h30, no ginásio Aecim Tocantins, em Cuiabá. A Fátima/Medquímica/UCS (RS) folgará na primeira rodada. Unilever estreia contra time mineiro A competição feminina começará no dia 10 de dezembro (quinta-feira). O primeiro jogo será entre Vôlei Futuro (SP) e Blausiegel/São Caetano (SP), às 18h, no ginásio Plácido Rocha, em Araçatuba (SP), com transmissão ao vivo do canal Sportv. O hexacampeão Unilever (RJ) jogará no mesmo dia contra o Mackenzie/Newton Paiva (MG), às 19h30, no ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro. No mesmo horário, outros dois jogos: Praia Clube/Banana Boat (MG) duelará com o São Bernardo (SP), no ginásio do Praia Clube, em Uberlândia (MG); e, na Arena Multiuso, em Brusque (SC), a Cativa/Oppnus (SC) terá pela frente o Pinheiros/Mackenzie (SP). Em Macaé (RJ), o Macaé Sport marcará seu retorno à Superliga medindo forças com a Usiminas/Minas (MG), a partir das 19h, no ginásio Municipal. O último jogo da primeira rodada será no ginásio Forquilhão, em São José (SC), onde o Pauta/São José (SC) jogará contra o Sollys/Osasco (SP). Clique aqui e confira a tabela da Superliga feminina 09/10. Clique aqui e confira a tabela da Superliga masculina 09/10. Lançamento O lançamento da Superliga 09/10 será na próxima SEGUNDA-FEIRA (30.11), em São Paulo, a partir das 11h. Comissões técnicas e jogadores de todas as equipes participantes conversarão com a imprensa no Salão Nobre do Esporte Clube Sírio, localizado à Avenida Indianópolis, 1192 – Indianópolis – São Paulo (SP). Sistema de disputa A fase classificatória será disputada no sistema de ida e volta – turno e returno – e todas as equipes jogarão contra todas. As oito equipes mais bem colocadas na fase classificatória, de acordo com o índice técnico na soma dos pontos obtidos no turno e returno passarão às quartas-de-final. Nessa fase, os cruzamentos seguirão a seguinte ordem: 1º x 8º colocados, 2º x 7º, 3º x 6º e 4º x 5º, no sistema de play-off melhor de três partidas. O mando de campo das partidas nas quartas-de-final será definido pela equipe mais bem colocada na fase classificatória: 1º e 3º jogos em casa (2º fora) ou 2º e 3º jogos em casa (1º fora). Caso a partida seja transmitida pela TV Globo, o mando de quadra será da CBV. As semifinais também serão disputadas em melhor de três partidas, com o seguinte cruzamento: vencedores de 1º x 8º e 4º x 5º e ganhadores dos confrontos entre 2º x 7º e 3º x 6º. As equipes mais bem colocadas escolherão o mando dos jogos. As opções são 1º e 3º em casa (2º fora) ou 2º e 3º em casa (1º fora). A final masculina e feminina será disputada em um único confronto, e independente das equipes que estiverem brigando pelo título, o jogo acontecerá no estado de São Paulo. A decisão da medalha de bronze também será em uma única partida. Nesse caso, na “casa” do melhor colocado na fase classificatória. Para a definição do quinto ao 13º lugares, no feminino, e do quinto ao 17º lugares, no masculino, será adotado o critério de índice técnico apenas da fase classificatória. Por cada vitória, as equipes somarão dois pontos. Em caso de derrota, um. Os times entrarão nas quartas-de-final e nas semifinais sem pontuação. Quando houver necessidade, o critério de desempate será, nesta ordem: sets average; pontos average; confronto direto e sorteio. EQUIPES DA SUPERLIGA 09/10 MASCULINAS Álvares/Vitória (ES) Brasil Vôlei/São Bernardo (SP) Cimed (SC) Fatima/Medquímica/UCS (RS) FUNVIC/Uptime Cuiabá Vôlei Clube (MT) Lupo/Náutico/Let´s (SP) Montes Claros/Funadem (MG) Pinheiros/Sky (SP) Sada Cruzeiro Vôlei (MG) Santo André (SP) São Caetano/Ulbra (SP) Sesi (SP) Soya/Blumenau/FURB/Barão (SC) UPIS/Brasília (DF) Vivo/Minas (MG) Vôlei Futuro (SP) Volta Redonda (RJ) FEMININAS Blausiegel/São Caetano (SP) Cativa/Oppnus (SC) Macaé Sports (RJ) Mackenzie/Newton Paiva (MG) Pauta/São José (SC) Praia Clube/Banana Boat (MG) Pinheiros/Mackenzie (SP) São Bernardo (SP) Sollys/Osasco (SP) Sport/Banco BMG (PE) Unilever (RJ) Usiminas/Minas (MG) Vôlei Futuro (SP)

Anúncios

26 de novembro de 2009 Posted by | Notícias, Superliga | Deixe um comentário

Bernardinho elogia Bruno: ”É difícil substituir Maurício e Ricardinho’

 

Técnico da seleção comemora título de melhor levantador conquistado pelo filho. Serginho é eleito o melhor líbero da Copa dos Campeões

Técnico da seleção comemora título de melhor levantador conquistado pelo filho. Serginho é eleito o melhor líbero da Copa dos Campeões

Em agosto de 2008, as lágrimas de Bruninho eram o retrato do tamanho da decepção de um grupo campeão que se via fora daquele que foi seu lugar por longos anos: o alto do pódio olímpico. O que ele não poderia imaginar é que se tornaria o maestro do retorno ao topo, ainda que de um torneio não tão importante, um ano depois. De quebra, ainda deixou a Copa dos Campeões com o título de melhor levantador da competição.

– Foi uma surpresa. Tirando o Serginho, que na maioria das vezes acaba levando, o Brasil dificilmente tem destaques individuais. É um time muito forte, um conjunto onde ninguém se destaca sozinho. Fico feliz em retribuir a froça e confiança que os jogadores me deram e dedico esse prêmio a eles – disse Bruninho, estendendo o agradecimento pela conquista à mãe, irmãos e avós quer ficaram no Brasil.

Ao pai, o técnico Bernardinho, coube o abraço apertado.

 

 

Bruninho, eleito o melhor levantador da disputa, e  Serginho o melhor Líbero.

Bruninho, eleito o melhor levantador da disputa, e Serginho o melhor Líbero.

– Eu só pego no pé dele, por isso que não dedicou a mim o título – brincava o treinador. – Ele jogou muito bem. Esteve um mês parado por causa da mão e soube tirar forças. O importante é que o grupo desenvolveu uma confiança nele. É uma herança muito pesada substituir Maurício e Ricardinho, grandes da história do vôlei mundial. Isso náo é simples. Ele tem que conquistar a confiança dos jogadores, saber viver esse momento e saber levar o time onde ele tem que chegar – afirmou Bernardinho.

Além do jovem levantador, Serginho também foi eleito o melhor líbero da competição. Ele não escondeu a satisfação pela conquista de Bruninho.

– Eu nunca espero ganhar prêmios individuais porque a gente precisa ganhar no coletivo. Fiquei contente pelo Bruninho, por ter sido reconhecido como melhor levantador – disse.

 

23 de novembro de 2009 Posted by | Notícias, Temporada 2009 | Deixe um comentário

Cativa/Oppnus disputará Taça Rio de Voleibol Feminino com outras três equipes da Superliga

A equipe da Cativa/Oppnus representará as cidades de Pomerode e Brusque na Superliga, marcada para iniciar em 10 de dezembro, foi convidada a participar da Taça Rio de Voleibol Feminino, de 27 a 29 de novembro.

As atletas estarão no Rio de Janeiro disputando a competição ao lado de outras três equipes que também estarão na elite do esporte nacional: a atual campeã da Superliga, Unilever; a caçula Macaé e a vice-campeã carioca, o Tijuca Tênis Clube. A prova terá transmissão televisa para todo o Brasil pelo canal Sportv. A disputa servirá como mais um grande treino para a Superliga. Em Santa Catarina, Cativa/Oppnus realizou outro torneio similar e faturou fácil o troféu. A equipe já aguarda ansiosa pelo início da Superliga.

19 de novembro de 2009 Posted by | Notícias | Deixe um comentário

Brasil passa pelo Irã e se mantém 100% na Copa

Quem imaginou que o Brasil teria facilidade para vencer o Irã, nesta quinta-feira (19.11), pela Copa dos Campeões, cometeu um grande engano. O atual campeão da competição, que busca o tricampeonato, teve que suar para vencer a seleção iraniana por 3 sets a 1 (25/22, 25/18, 23/25 e 25/19), em 1h43 de jogo, no ginásio municipal de Osaka, no Japão, e assim garantir os 100% de aproveitamento.

Nesta sexta-feira (20.11), não haverá jogos, já que todas as equipes viajarão para a cidade de Nagoya, onde serão disputadas as demais partidas da competição. O próximo confronto brasileiro será diante da Polônia, atual campeã europeia, no sábado (21.11), às 1h30. A partida terá transmissão ao vivo do canal Sportv.

Ciente de que não viu a melhor atuação de sua equipe, o técnico Bernardinho, que entrou com uma equipe diferente nesta quinta – sem Giba e Lucas –, fez questão de amenizar os erros de hoje, mas sem escondê-los.

– Estivemos abaixo de nosso potencial. O time não foi tão agressivo e, em alguns momentos, pode ter pensado que nossa experiência decidiria o jogo. Isso não aconteceu. Tivemos que jogar duro contra eles até o fim para vencer. Aí entra o mérito de nossos adversários. Em todos esses anos a frente da seleção brasileira, eu nunca havia enfrentado o Irã. É um time bom, que mostra muita vontade em quadra e que possui uma boa defesa e um bom bloqueio. Impressionei-me realmente – afirma Bernardinho, pensando já nos poloneses.

– Não gostei da postura do Brasil. Espero que consigamos recarregar as baterias para o confronto com os poloneses. Esse time venceu campeonato europeu e possui bons jogadores, técnicos, além de meios-de-rede fortes – explica o técnico Brasileiro.Imagem Ativa

Sem contar com a experiência do capitão Giba, o outro ponteiro, Murilo, assumiu no fim do jogo o papel de líder em quadra. No entanto, ele fez questão de ressaltar que o time não sentiu a falta dos atletas poupados.

– Sei que não fizemos nossa melhor partida hoje, mas o importante é ganhar. Estamos numa competição curta e é isso que conta. Nosso grupo é formado por 14 grandes jogadores, todos em condições de entrar e dar conta do recado. O Brasil possui muitos talentos e esse é motivo de estar sempre brigando para estar entre os melhores – diz Murilo.

Autor de sete pontos diante do Irã, o meio-de-rede Rodrigão tentou explicar o motivo de o Brasil ter passado um pouco de sufoco em alguns momentos.

– Em alguns momentos, quando se está ganhando, acontece de o time dar uma desconcentrada. Além disso, não conhecíamos o time iraniano. Esse fator complica um pouco para qualquer um – analisa Rodrigão.

O maior pontuador da partida foi o oposto brasileiro Leandro Vissotto, que assinalou 21 pontos, sendo 18 de ataque, um de bloqueio e dois de saque. Pela seleção iraniana, o maior pontuador foi também um oposto, Karem, com 17.

O jogo

Famosa por sempre brigar por títulos nas divisões de base, a seleção iraniana começou o jogo um pouco assustada. Apesar de o Brasil cometer mais erros, o Irã não conseguia comandar o placar. Se impondo nos momentos cruciais do primeiro set, a equipe verde-amarela conseguia passar por cima do bom bloqueio adversário com bons ataques, que culminaram com a vitória por 25/22.

Comandados pelo oposto Karem e pelo levantador Marouf, o Irã voltou para o segundo set mostrando mais disposição que os brasileiros. Tendo que compensar a técnica menos apurada que a brasileira, os iranianos chegaram a liderar o placar até pouco depois da primeira parada técnica, mas acabaram sucumbindo novamente.

O Brasil melhorou seu aproveitamento de bloqueio, passou a frente no marcador e conseguiu fechar a parcial sem problemas: 25/18.

Já no terceiro set, o time brasileiro caiu de produção. Vendo uma possibilidade para conseguir ganhar ao menos uma parcial dos atuais campeões da competição, os iranianos passaram a dominar a partida. O técnico Bernardinho chegou a pedir tempo para tentar reanimar sua equipe, mas não foi suficiente: 25/23 para o Irã.

A quarta parcial foi marcada pela volta da vibração brasileira. Liderada pelo experiente ponteiro Murilo, a equipe verde-amarela voltou a dominar o jogo e conseguiu novamente uma vitória sem problemas: 25/19.

As equipes:

Brasil: Bruno (1), Leandro Vissotto (21), Murilo (13), Thiago Alves (12), Rodrigão (7), Sidão (12) e Escadinha (líbero). Entraram: Theo (2) e Marlon. Técnico: Bernardinho.

Irã: Keshavarzi (3), Kazem (17), Zarini (16), Marouflaklani (1), Mousavi (8), Nadi (3) e Mahdavi (líbero). Entraram: Gholami (4), Andalib (3) e Kamalvand (5). Técnico: H.Madani.

19 de novembro de 2009 Posted by | Temporada 2009 | Deixe um comentário

Atletas do Sada Cruzeiro saem da quadra e vão para o laboratório

Nesta quinta e sexta-feira, dias 19 e 20 de novembro, os atletas da equipe Sada Cruzeiro terão uma pausa nos treinamentos e vão literalmente para o laboratório de pesquisa. Eles passarão por uma série de avaliações isocinéticas no Laprev – Laboratório de Prevenção e Reabilitação das Lesões do Esporte, da UFMG. No início da temporada os jogadores fizeram estes mesmos testes. O objetivo é colher novamente dados sobre o estado físico de cada atleta. E com base nessas informações é que será planejado o trabalho do departamento médico, de fisioterapia e de preparação física da equipe, para o restante da temporada 2009/10.

Para o médico do Sada Cruzeiro, Sérgio Azeredo Campolina, os resultados desse acompanhamento são muito significativos e já estão fazendo diferença no dia-a-dia.

– São exames de membros superiores e inferiores, para avaliar a melhora do equilíbrio muscular e verificar vícios de movimento, que acabam ocasionando lesões. Com os primeiros testes, feitos no início da temporada, a equipe realizou um trabalho preventivo. O resultado foi muito bom, pois não tivemos nenhum problema de lesão crônica que tirasse um atleta dos treinos. Com o grande número de jogos da Superliga este trabalho é ainda mais importante – destaca.

Comandado pelo treinador Marcelo Mendez, na próxima semana o time celeste volta à quadra na preparação para a Superliga Masculina de Vôlei. A competição tem previsão de iniciar no dia 3 de dezembro, com 17 clubes de todo o país.

19 de novembro de 2009 Posted by | Temporada 2009 | Deixe um comentário

Adolescentes japoneses são orientados para alcançar a perfeição

 

Cerca de 50 voluntários trabalham nas partidas da Copa dos Campeões

Cerca de 50 voluntários trabalham nas partidas da Copa dos Campeões

Levar os times à quadra, segurar as bandeiras, devolver as bolas, limpar o chão molhado e passar o esfregão no campo de jogo são algumas das atribuições dos voluntários da Copa dos Campeões, no Japão. E tudo precisa ser feito no tempo certo, para que não tenha complicações com os horários das partidas. Por isso, antes de cada jogo, cerca de 50 adolescentes japoneses, de 15 a 18 anos, são orientados. De casaco branco e calça azul escuro, eles ouvem atentamente o instrutor para tentarem alcançar a perfeição.

19 de novembro de 2009 Posted by | Notícias | Deixe um comentário

Brasil estreia contra Cuba em busca do tri da Copa dos Campeões

Maurício (à direita) conversa com Giba

Vencedora em todos os campeonatos que disputou em 2009, a seleção brasileira adulta masculina de vôlei vai em busca de mais um ouro a partir desta quarta-feira (18.11). O time comandado pelo técnico Bernardinho estreia na Copa dos Campeões na cidade de Osaka, no Japão, onde terá pela frente os cubanos, rivais tradicionais, às 4h30 (horário de Brasília), no Osaka Municipal Central Gym, e sabe que não terá moleza na luta pelo tricampeonato (97 e 2005). A partida será transmitida ao vivo pelo canal Sportv. Acostumado a conviver com a pressão por títulos, Bernardinho sabe o que é preciso para continuar com vitórias: “muito trabalho”. No entanto, antes de embarcar para o Japão, o técnico brasileiro ressaltou que, para essa competição especificamente, o Brasil passará por mais dificuldades. – Treinamos apenas com uma parte do grupo, já que alguns jogadores estavam disputando o Mundial de clubes, e o trabalho realizado em Saquarema sempre é fundamental para os nossos bons resultados. Eles jogaram numa regra diferente essa competição e isso pode nos prejudicar também. Eles não chegaram treinados. Vamos ter que superar isso tudo – disse o treinador. Sobre o primeiro adversário da Copa dos Campeões, o comandante brasileiro não faz mistério sobre sua avaliação: “um grande time, favorito ao título”. – Cuba tem um time muito bom. Eles venceram os Estados Unidos, que jogou com o time completo, com quase todos os jogadores campeões olímpicos, no torneio continental, e merecem muito respeito. Os cubanos vivem um bom momento e será difícil superá-los. Ainda teremos o fator estreia. O primeiro jogo sempre é mais complicado – explica Bernardinho. Mesmo sem treinar com o grupo durante a preparação no Aryzão, o Centro de desenvolvimento do Voleibol, em Saquarema, o levantador Bruno, que atuou no Mundial de clubes pela Cimed (SC), explicou como foi a preparação realizada no Japão. – Chegamos aqui um pouco antes do restante do grupo, já que estávamos disputando o Mundial. O grupo ficou completo na última semana e fizemos um bom trabalho. Trabalhamos no centro de treinamentos do Panasonic, um clube aqui do Japão, numa estrutura maravilhosa. Deu para treinar bem para a competição – diz Bruno. O Brasil enfrentará ainda na competição o Irã, nesta quinta-feira (19.11), às 2h30, a Polônia, no sábado (21.11), às 1h30, o Egito, no domingo (22.11), às 1h30, e o Japão, na segunda-feira (23.11), às 8h. Todos os jogos terão transmissão ao vivo do canal Sportv.

17 de novembro de 2009 Posted by | Notícias, Temporada 2009 | Deixe um comentário